SAÍDA DOS ANOS 50

7.3.14
Na minha profissão de arquiteta, as remodelações são o que mais gosto de fazer.
É a oportunidade de devolver à casa, a atmosfera e o ambiente da época da sua construção.
E quem me acompanha nestas andanças, sabe que o original é sempre para manter, mesmo que isso acarrete mais trabalho, mais gastos, menos algum conforto futuro. No final, compensa.
São casas que depois de remodeladas, não servem para qualquer pessoa, e sim para quem sabe aceitar e até admirar, as imperfeições e as marcas do tempo.
Vou vos deixar com a cozinha desta casa dos anos 50, que é quase sempre a parte mais interessante de um antes e depois, e lá mais para baixo, verão outros ambientes do apartamento. Como já disse aqui, infelizmente, é raro eu ter acesso às casas depois de ocupadas, o que me impede de mostrá-las como eu gosto, já com cara de lar. Para fotografar a cozinha, ainda levei uma grande tigela de limões, tinham mos dado nesse dia, e eu achei que poderia trazer alguma cor e humanizar as imagens. Mas em termos de produção, foi o máximo que consegui fazer!













Para fazer a nova canalização da cozinha, danificando um mínimo de azulejos, a intervenção foi cirúrgica. Os azulejos que se partiram foram substituídos por similares antigos, sobras de outros trabalhos. A bancada, em pedra de lioz, aparece abaixo, numa fase de recuperação: primeiro é reparada com um preparado de cola de pedra, para a seguir, ser polida, e ficar pronta para aguentar mais uns bons anos de utilização.


O mosaico hidráulico também é limpo e polido, mas notem que a patine do tempo, fica lá, conferindo-lhe um charme extra.



Para grande tristeza minha, a casa de banho tinha sido alvo de uma remodelação nos anos 70, nada restando do original, e sem nenhuma coerência com o espírito da casa. Não houve outra solução que não fosse fazer umas novas instalações sanitárias, de raiz.






E mais algumas imagens de como encontrei o apartamento quando entrei pela 1ª vez, e de como ficou, depois da obra terminada. Não foi preciso fazer quase nada, estavam lá todos os pormenores decorativos, só à espera de serem recuperados. Os candeeiros de teto deixados pela antiga inquilina, guardei-os para projetos futuros.



41 comentários:

  1. Olha Val, pra mim é uma surpresa muito grande saber que você é arquiteta, não me lembro se você já havia comentado no blog.
    Somos parecidas- também gosto muito de uma reforma, é tão prazeroso ver a repaginada, a transformação de um cômodo, de um espaço, sempre para melhor, acarretando mais conforto, modernidade e beleza numa casa.
    A reforma deste apartamento, em especial a cozinha, ficou muito boa, o ladrilho hidráulico é lindo. O banheiro também ficou muito legal, mais moderno, as cores claras das paredes deram um toque bacana e clean ao ambiente.
    E certamente sua tigela de limões deixou a foto mais bonita.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Olá Val! Que casa magnifica! Com história e cheia de personalidade... adorei a cozinha, o mosaico do chão, a banca... Parabéns snrª arquitecta, preservar o potencial que a casa tinha foi sem dúvida um óptima opção! Bom fim de semana, beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Oi Val eu imagino como é desafiador e ao mesmo tempo delicioso pra você reconstruir uma casa, essa estava bem feiinha e você deixou ela maravilhosa, eu moraria nela com certeza, lindissíma, ao mesmo tempo que reformaram mantiveram o estilo antigo, amei, parabéns pelo trabalho, imaginei ela mobiliada, é uma pena mesmo que não tenha como fotografá-la depois como você disse. beijo

    ResponderEliminar
  4. Quero essa casa para mim:-) que L-I-N-D-A adorei.parabéns!bj

    ResponderEliminar
  5. Belas fotos do antes e depois..trabalho de arquiteto é uma verdadeira arte.
    Abraços,
    Sandra

    ResponderEliminar
  6. Bom dia alegria
    Good morning sunshine
    Bem que remodelação ,ficou linda e cheia de charme ,olha podia ser minha :)
    Adorei aquele azul dos ármarios ,arranjas o nr ª da cor ?
    O chão é lindo com esses mosaicos e madeira corrida .Adoraria que a minha casa tivesse o chão em madeira corrida .
    Desconhecia o nome desse mármore "lioz" não é dos meus preferidos mas adequa se á casa claro .
    Bom trabalho Sra arquitecta ,continua assim a nos contemplar com as casinhas que vais salteando .
    Bom fim de semana
    bj grande
    Lulu

    ResponderEliminar
  7. Val,

    Meus parabéns! Ficou show a reforma!
    Você é uma arquiteta consciente e de personalidade.
    O que geralmente não acontece com todos, não é verdade?
    Você escreveu:

    "São casas que depois de remodeladas, não servem para qualquer pessoa..."

    Exatamente! Concordo e assino embaixo!
    Esse tipo de imóvel é recomendado somente para pessoas sensíveis, daquelas que detém um mínimo de esclarecimento a respeito de antiguidades, coisa e tal.
    Eu morei por anos numa residência centenária onde havia uma enorme escada em caracol, importada da Inglaterra.
    O piso da cozinha era ladrilho hidráulico, as portas bem como janelas eram enormes.
    Tudo ali tinha uma dimensão e beleza assustadora!
    Enfim, um belo dia o proprietário decidiu vendê-la e a minha família precisou desocupá-la.
    O lindo casarão foi ao chão...
    Sabe pra quê?
    Para dar lugar a um estacionamento que funciona até hoje.

    Amei cada detalhe que vi nesta apartamento que você trabalhou divinamente!
    É bem típico dos anos 50, lembra bem os antigos apês que ainda existem na cidade de São Paulo.
    Qualquer dia postarei a respeito...
    Já postei uma vez, mas faz tanto tempo. Postarei outra vez.
    Amiga, a cor do armário de parede ficou linda!
    O ladrilho ficou lindo depois de recuperado! O antigo azulejo foi mantido.
    E as imperfeições idem.
    São marcas de um passado lindo, por qual motivo retrá-las?
    Você lida com tudo isso com carinho, é notório!
    Meus parabéns!

    Parabéns também pelo seu dia, aliás nosso dia!
    Viva as Mulheres!
    Lindo finde!

    Bjksss

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito do trabalho que a Val faz. Projectar uma moradia ou renovar um apartamento é apaixonante. Tenho um tio arquitecto e ficava fascinada com os seus trabalhos. Não tenho nenhum curso superior ligado à área mas há uns anos atrás tirei um curso (básico) de 1 ano de Desenhador/Medidor de Construção Civil e adorei. Aprendi a desenhar no "velhinho" Auto-Cad 14. Por vários motivos isso ficou para trás e neste momento estou completamente desactualizada mas a paixão continua.
    Obrigada pela partilha das fotografias da renovação do apartamento.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  9. As flores irradiam a glória e a beleza de Deus-Mãe, pois ela caminha sobre a Terra em cada mulher. Feliz dia internacional das mulheres.Um bj

    ResponderEliminar
  10. Belas imagens e lindo trabalho Val!
    Acho que as casa antigas são casa com alma, recheadas de histórias!
    Beijos carinhosos

    ResponderEliminar
  11. Val,
    depois da reforma até o sol aparece mais lindo, hein!
    O azul na cozinha quebrou o tédio.
    Lixar a bancada deu 'aquela' diferença, hein! Percebi que algo também foi feito no piso de madeira.
    Parece muito amplo, muito bonito. Fiquei curiosa pra ver depois de ocupado...
    Senti o cheirinho dos limões daqui. :)
    Lembrei de você ontem ao assistir ao filme 'Night Train to Lisbon', com o Jeremy Irons, hehe.

    Beijo

    ResponderEliminar
  12. Val, adorei o artigo. Aliás todos os "antes e depois" que tenho visto por cá e que me prendem ao monitor. Tenho o sonho de um dia poder reconstruir uma casa antiga, sempre tive este desejo e sensibilidade para o que é antigo. Talvez um dia, quem sabe, talvez nunca, no entanto, continuarei a sonhar através das suas fotos. Beijinho grande, Joana

    ResponderEliminar
  13. Olá Val, esse é um dos meus sonhos, poder recuperar uma casa antiga, mantendo a personalidade original. Ficou uma delícia :) Muito mais clara e aparentemente mais ampla.
    Muito bom trabalho :)
    Beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  14. Hola Val debe ser reconfortante como arquitecta lograr cambios tan espectaculares en un ambiente ,, la felicito
    Besos

    ResponderEliminar
  15. Olá Val,
    Gosto de casas com história, casas com passado, mesmo que não tenham feito parte do meu.
    Esta, à semelhança de outras que já publicaste e em que mostras-te o teu magnifco trabalho, são casas que fazes renascer, casas por onde os anos passaram, mas que com a tua intervenção "cirurgica", não perdem a traça e isso é magnifico.
    Gosto imenso do chão de tábua corrida, das portas com as janelas de vidro martelado, da bancada da cozinha original, dos azulejos, gosto de ver como fazes questão de manter o mais original possível as casas que remodelas. Parabéns por mais este excelente trabalho.
    Bjs,
    MJ

    ResponderEliminar
  16. Nossa me apaixonei por esta casa,o tom rústico dela me fez babar,
    me lembra a casa de minha nona , que passava enceradeira na casa toda e ficava aquele brilho,
    dá saudades.
    beijinhos
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Nossa, Val, essa casa é um desbunde! Adorei seu trabalho, admiro esse respeito pelo antigo, pelas marcas, pela história. Tem muitas coisas que, com um pouco de paciência e talento, ficam sensacionais, mas realmente é bem o que disse: são projetos que não funcionam para qualquer um. Por isso são tão especiais, né? Adorei o toque azul que deu e estou encantada com a porta do corredor. Parabéns por seu trabalho e por uma visão tão privilegiada assim. Beijo

    ResponderEliminar
  18. Olá Val, que casa linda... Adorei as recuperações.
    Essa casa vê-se que é antiga, pelas divisões que tem e esse pé direito, as janelas, as portas... Quem me dera, mas são tão caras.
    Beijinhos e parabéns!

    ResponderEliminar
  19. Para mim também foi uma novidade sabê-la arquitecta, Val, mas não uma surpresa, pois já lhe tinha notado o bom gosto. ;) Que maravilha! Subscrevo inteiramente o que diz sobre manter a traça e os elementos originais. Fiquei apaixonada pelos mosaicos da cozinha. E aquele mármore rosa é belíssimo! Fez muito bem em preservá-los. Que pena não podermos ver como ficaria o apartamento se a Val pudesse fazer também a decoração...
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  20. Olá Val!!
    Passando para te desejar uma boa segunda e amanhã e quarta estarei postando sobre meu detox e reeducação alimentar com fotos( você estava querendo saber) quando puder passa lá no meu canto.
    Abraços,
    Sandra

    ResponderEliminar
  21. Oi querida! Quero agradecer sua visita carinhosa.
    Eu fiquei encantada com o resultado. Parabéns!
    Você é uma artista amiga.
    Desejo a vc uma linda semana.
    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Olá ,
    Ficou um show!! A casa é fantástica e a reforma ficou o máximo, você manteve a essência e a cozinha continuou com cara dos anos 50.
    Vc perguntou das japonesinhas, elas tem um saquinho com areia no fundo.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  23. Olá Val,

    Que casa linda, magnífico trabalho! Manteve a personalidade mas com modernidade, adoraria morar em uma casa assim!. Adorei as cores claras das paredes e o armário azul foi o toque perfeito para a cozinha. O banheiro ficou atual e lindo. Adorei a mudança para porta de correr, com certeza mais prático para ganhar espaço. Tudo perfeito.
    Beijos

    ResponderEliminar
  24. Puxa, que transformação! É incrível como a cor das paredes muda completamente o ambiente, não é? Adorei o piso da cozinha e como a pedra da pia foi bem restaurada. E os limões ficaram muito bem nas fotos!!!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  25. Adoro estas casas! Eu vivi numa assim durante dez anos perto do Instituto Superior Técnico. Ainda me lembro da janela enorme da cozinha que dava para o logradouro. Passávamos imenso tempo aí.
    Quando fui para lá também fiz uma remodelação completa. Recuperei igual tudo o que era possível. O resto foi fazer de novo. Ainda tenho fotografias do antes e do depois e são muito parecidas no que diz respeito ao estado em que a encontrei. Tive imensa pena por ter que me mudar de casa.
    Adorei esta remodelação! Boa semana! :)

    ResponderEliminar
  26. Val minha querida, que trabalho lindo que você fez nesta casa, realmente não é pra qualquer pessoa, só pessoas sensíveis dão valor a conservar imoveis assim, eu admirei a pedra da pia e o trabalho dos frisos feito na pedra com acabamentos arredondados, que pedra linda, como você conseguiu da mesma pedra para fazer a bancada do fogão, é de admirar, os contornos do teto arredondados, como a pintura clareou tudo, as portas observei que a maior vc fez ela de correr ficou linda, o azul do armário da cozinha deu vida ao ambiente, o banheiro de antes eu não gostei, achei que o novo ficou melhor, mas o original devia ter aquelas banheiras de louça antiga que eu acho linda, o meu filho comprou um ap e reformou, mandou tirar armários dos quartos que eram embutidos de madeira antiga, para agora mandar fazer armários modernos e vagabundos, os armários da cozinha ainda vão tirar, da pena de ver como os jovens não dão valor a qualidade das coisas, os armários modulados de hoje em dia não vale nada, mas eles preferiram mais modernos, eu adorei o seu trabalho, você esta de parabéns, queria morar perto de vc só pra ir ver as suas reformas de perto.O limão serviu, alegrou a foto, um bj no seu coração.

    ResponderEliminar
  27. Passando para te desejar uma ótima terça!!
    Abraços,
    Sandra

    ResponderEliminar
  28. Olá Val ;)

    Não há dúvida que nasceu para isto, ficou maravilhoso e ainda bem que conseguiu preservar o máximo da casa. Seria uma pena estragar aquela cozinha!
    Gosto muito de casas com a traça antiga, pia de pedra e chão de tábua corrida, um dia hei-de ter uma... :)

    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
  29. Oi, Val! Saudades de vc! Menina fiquei impressionada, de boca aberta mesmo. Acho que a transformação ficou tão boa que dá vontade de morar na casa reformada. Quando vi o azul vivo nas paredes, achei que era o depois, mas depois percebi que era o antes, rs. Gosto muito dos tons pastéis e a reforma ficou primorosa, parabéns! Estou um pouco sumida pela correria do dia a dias, mas sempre penso em você e por isso vim aqui pra te convidar pra dar um pulinho no meu blog, vou fazer um sorteio de aniversário, se puder, participe, tá? Boa sorte! Bjsssss, Clau.

    ResponderEliminar
  30. Nossa o antes e o depois é fantástico ,lindo trabalho ,parabéns.
    http://crismandarini.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  31. Que delícia deve ser chegar ao final do trabalho e ver tudo retomar seu antigo esplendor. Com materiais tão bons, pisos tão bonitos, cara de casa para ser vivido de verdade! Parabéns pelo trabalho! Mostra mais, mostra mais!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  32. Muito charmosa essa casa.
    Adorei o seu blog.
    Bjs
    http://antenadasefashionistas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  33. Ora aí está uma cozinha nada igual a todas as outras. É despretensiosa e cheia de personalidade. Pedra lioz e mosaico hidráulico, dois dos meus materiais preferidos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  34. Oi Val,
    Que charme é esse! Adorei cada cantinho, mas a cozinha, realmente é o lugar mais charmoso e encantador. Adorei!
    Beijos

    ResponderEliminar
  35. Adorei saber que é arquiteta!!! Tenho uma irmã que é também!!
    Parabéns!!! Adorei a reforma!!
    Mas acho que é ótima em decoração também! Quando posta essas coisas fico encantada com seu trabalho!!
    Gente que faz e faz a diferença!! Uma mulher das grandes e iluminada!!
    Obrigada sempre por estar comigo viu? Adoro!!!!
    ótima quarta!!!
    Beijos e mais beijos
    Cris

    ResponderEliminar
  36. Oi Val, é tão bom quando podemos resgatar a história das edificações antigas, é como se tivéssemos cuidando de um tesouro, a cada reforma de um canto da casa dá muita satisfação em vê-la pronta e do jeito que era no passado. E você fez isso com muito capricho e dedicação nesta habitação, amei o ladrilho hidrálico, ele é minha paixão, em qualquer ambiente que eu entre e ele ali está, com certeza é a primeira coisa que eu vejo, pode ser uma casa, uma igreja ou uma loja, eu só fico admirando-o. O armário azul alegrou a cozinha, perfeito! O restauro da pedra ficou lindo, ninguém diz que foi reformado, os cômodos parecem que são de outra casa, pois ficaram mais limpos e bonitos, a cesta com os limões arrasaram :-)
    É tão bom quando os proprietários querem restaurar uma casa dando o valor ao seu passado, pois muitos preferem trocar tudo e esquecem como é linda a história de uma edificação. Parabéns pelo trabalho maravilhoso e profissional amiga!
    Beijinhos e uma semana linda!
    Ene

    ResponderEliminar
  37. Oi Val!
    Não sabia que vc era arquiteta, que bacana:) Adorei a casa, linda e com certeza cheia de história... O piso é muito bonito;)
    Beijos!

    ResponderEliminar
  38. Val, que sorte dos teus clientes! A cozinha está linda. É difícil encontrar pessoas que façam recuperações tão simples e bonitas, geralmente há sempre um procura da contemporaneidade que eu acho que as casas antigas não precisam. Continua a mostrar-nos os teus projectos, são uma inspiração. Beijos!

    ResponderEliminar
  39. Val, adorei essa reforma, mantendo a essência da casa.
    Atualizou, mas sem avançar no tempo, sem perder a história.
    Parabéns pelo projeto, ficou lindo, esse armário turquesa, as janelas, o ladrilho, amei.
    Sim, o móvel vai para o quarto da filhota, ela tem 8 anos e tá na fase Barbie Girl total...rsrs...
    Besitos

    ResponderEliminar
  40. Olá. Tenho curiosidade sobre uma coisa: o que aconteceu à pedra da chaminé (a que dá suporte ao que seria o fogão)? Foi aproveitada para outra coisa? Foi simplesmente retirada e deitada fora? Tenho uma casa semelhante, mas tenho dúvidas se é possível aproveitar essa pedra.
    Quanto ao trabalho em si, parabéns! Está ótimo!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, No caso a pedra saiu toda partida pois estava muito encastrada na parede. Foi uma pena mas não pude reaproveitar. Mas já vi dois tipos de intervenção que gostei bastante: 1)não tirar essa pedra, colocar outra mais acima na altura normal de uma bancada de cozinha atual, instalar-se aí a placa eletrica e o forno ser colocado noutro local, em coluna. Entre as duas "bancadas" armários normais, feitos sob medida para o sítio, está claro, já que as medidas não serão estandartes. 2) Outra forma, é tirar a pedra e reaproveitá-la para bancada noutro sítio, já vi ser colocada na casa de banho, com um lavatório moderno em cima. É uma pena não se aproveitar porque é pedra de lioz de muito boa qualidae, mas aqui não foi possível deixá-la, a cozinha é estreita, precisava desse local para forno e máquina de lavar! Obrigada pelo seu comentário!

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics